Big Data – Será que sabe o que é e como funciona?

Big Data – Será que sabe o que é e como funciona?

Muito se fala sobre o Big Data e muitas pessoas dizem inclusivamente que se trata do petróleo dos dias modernos, já que a sua importância para as empresas é enorme.

Contudo, muitas empresas não sabem ao certo como é que tudo funciona, nem o que pode ser obtido através do mesmo. Desta forma, hoje explicamos-lhe de forma sucinta o seu funcionamento.

O que é o Big Data e como é que tudo funciona?

De forma simples, Big Data é o termo inglês que descreve um volume de dados (que podem estar ou não estruturados) e que impactam diariamente qualquer tipo de negócio.

Contudo, contrariamente ao que a grande maioria dos empresários julga, o mais importante não é a quantidade de dados obtidos, mas sim aquilo que se faz com os mesmos.

Estes dados, podem ser analisados de forma a obter feedbacks que podem ser essenciais para uma tomada de decisão estratégica em qualquer negócio. Depois de analisados, é possível encontrar resposta para várias questões:

  • Como reduzir os custos;
  • Como otimizar os processos;
  • Que produtos podem ser desenvolvidos e que tipo de oferta pode ser feita;
  • Tomar decisões baseadas em fatos.

Além disso, quando o big data é combinado com o Google Analytics, é possível realizar tarefas como:

  • Determinar a causa de determinadas falhas e problemas (praticamente em tempo real);
  • Criar promoções em pontos de venda ou online tendo por base os hábitos de compra dos clientes;
  • Detetar comportamentos fraudulentos;
  • Conhecer melhor o seu público-alvo e criar campanhas direcionadas.

Quem pode utilizar o big data?

Na verdade, hoje em dia são poucas as empresas que efetivamente não o fazem. Desta a área de ensino, industria, banca e consumo todos acabam por beneficiar da utilização dos dados que são recolhidos e posteriormente analisados.

No entanto, é importante frisar o seguinte. Se até hoje os dados eram recolhidos e utilizados na grande maioria dos casos sem o consentimento do consumidor, a partir de 28 de maio, a utilização de dados vai estar um pouco mais complicada e restrita já que entra em vigor a RGPD (Regulamento Geral sobre Proteção de Dados).

As empresas que utilizarem os dados dos clientes de forma indevida, podem ver-se a par com multas de valores elevados (até 20 milhões de euros ou até 4% do volume de faturação), além de poderem ter repercussões ao nível da imagem.

Assim sendo, embora seja essencial utilizar o big data para conseguir obter resultados na sua empresa, é importante que o faça da forma correta de modo a não deitar tudo a perder.

Se tiver alguma dúvida ou questão relativamente a este tema, não hesite em contactar-nos pois teremos todos o gosto em esclarecê-lo.