Já ouviu falar de hackers certo? Mas sabe quantos tipos existem?

Já ouviu falar de hackers certo? Mas sabe quantos tipos existem?

A verdade é que estamos numa altura em que os ataques informáticos são cada vez mais frequentes e as empresas são fortemente penalizadas com esta situação.

Contudo, a verdade é que não existe apenas um tipo de hacker. São diversos tipos e na verdade nem todos têm como principal intuito atacar empresas e conseguir dinheiro em troca.

Mas hoje iremos abordar este tema e explicar-lhe quais os tipos de hackers existentes. Saiba tudo de seguida.

Quais os tipos de hackers existentes?

Como já dissemos anteriormente existem diversos tipos de hackers, que têm denominações diferentes, que se baseiam nos estilos de hacking praticado. Conheça-os de seguida.

1 – White Hat

São hackers que estudam sistemas de redes há procura de falhas na segurança, respeitando sempre os princípios da sua ética.

Quando encontram algum tipo de falhas na segurança, reportam aos responsáveis das empresas (bancos, governo, empresas comerciais) para que estes possam tomar as devidas medidas de segurança.

2 – Black Hat

São também conhecidos como Dark-Side Hacker e não respeitam os códigos de ética da comunidade em que se inserem.

São eles que têm contribuído para denegrir a imagem dos hackers, pois utilizam os seus conhecimentos para a prática de crimes através da internet (roubo de dados e informações secretas das empresas).

Desta forma, estes são aqueles com que terá de se preocupar.

3 – Grey Hat

São tipos de hackers que estão entre os white hat e os black hat e que invadem sistemas apenas por diversão, no entanto não mexem nem divulgam dados interditos ou confidenciais.

Muitas vezes atuam em troco de dinheiro, ou seja, exploram as vulnerabilidades do sistema de uma determinada empresa, e caso encontrem alguma, oferecem-se para a resolver a troco de dinheiro.

4 – Blue Hat

São hackers contratados por diversas empresas, para testar os sistemas de segurança antes que os mesmos sejam comercializados. Estes tentam encontrar falhas nos sistemas para que as mesmas possam ser resolvidas.

5 – Crackers

São motivados pela conquista de conhecimento das técnicas, pela popularidade e pelo respeito que adquirem quando criam um keygen ou um crack.

Eles empenham-se em perceber como o software é desenvolvido e como atua num sistema operacional para que possam falsificá-lo.

No entanto os crakings são feitos de forma ilegal e sem se enquadrarem nos códigos de ética. Este termo foi criado em 1985 por hackers revoltados contra o roubo e vandalismo informático que é muitas vezes praticado.

6 – Elite

Esta é sem dúvida a minoria dos hackers. São os hackers mais respeitados e conceituados do mundo. Por norma esta posição é atingida quando se encontram em grupos de grande visibilidade ou quando desenvolvem um código completamente inovador.

Como vê, existem diversos tipos de hackers, sendo que os mais conhecidos (pelas piores razões) são os black hat e os grey hat.

É importante que proteja a sua empresa contra os tipos de ataques mais praticados, de forma a manter sempre as suas informações salvaguardadas.