Cuidados a ter na criação de um e-commerce

Cuidados a ter na criação de um e-commerce

Cada vez mais os empresários optam pela criação de um e-commerce, contudo, muitos acabam por fazê-lo de forma pouco estruturada, levando a que hajam posteriormente alguns problemas com as vendas (e respetiva sustentabilidade do projeto).

Desta forma, hoje resolvemos partilhar consigo algumas dicas simples, mas que fazem toda a diferença na correta criação de um e-commerce. Conheça-as de seguida.

2 dicas para a criação de um e-commerce de sucesso

O comércio eletrónico ou e-Commerce é um conceito aplicável a qualquer tipo de negócio ou transação comercial que implique a transferência de informação online.

O mesmo abrange uma gama de diferentes tipos de negócios, desde sites de retalho destinado a consumidores, a sites de leilões, passando por comércio de bens e serviços entre organizações.

Desta forma, qualquer tipo de negócio tem a possibilidade de criar um e-commerce bem-sucedido. Contudo, muitas vezes, os empresários querem criar o mesmo sozinhos e sem recorrer a uma empresa especializada, acabando por se deparar com questões essenciais e que não sabem resolver.

Assim, damos-lhe de seguida algumas dicas para a criação de um e-commerce bem-sucedido.

1 – Sempre que possível, contrate

Pois bem, esta é a primeira dica. Por muito simples que seja mexer em plataformas de CMS (como é o caso do WordPress), a verdade é que implementar toda a estratégia inerente a uma loja virtual não é assim tão simples nem linear.

Deste modo, sempre que tiver a possibilidade, contrate uma empresa especializada na criação e gestão deste tipo de loja, já que dessa forma garante que todo o trabalho será bem realizado e não terá problemas de funcionamento no futuro.

2 – No caso de querer desenvolver o seu e-commerce

Se é uma das pessoas que gosta de fazer as coisas de forma autodidata, deixamos-lhe de seguida alguns cuidados que deve ter em mente.

  • Coloque à disposição diversos meios de pagamento (como cartão de crédito ou débito, transferência bancárias, entidade e referência, paypal…);
  • Tenha cuidado a configurar os métodos de envio, assim como as taxas de entrega (tente colocar à disposição do cliente vários métodos de entrega como transportadora, entrega em loja especializada, ou levantamento na loja);
  • Lembre-se de colocar várias fotografias por cada produto que tem para vender (garantindo que o cliente pode ver o mesmo de diversas perspetivas);
  • Cada produto deve estar otimizado para SEO de forma a rankear nos motores de busca;
  • A criação de um plano de comunicação é também essencial para conseguir que a sua empresa seja facilmente rankeada nos motores de pesquisa, mas também para conseguir definir estratégias de venda e as várias formas de chegar ao consumidor.
  • Compre um template que já tenha uma plataforma de e—commerce integrada, pois irá facilitar um pouco a criação de um e-commerce.

Como vê, criar um e-commerce é uma tarefa relativamente simples, contudo, os maiores problemas passam essencialmente a configuração de todos os métodos de pagamento e de entrega dos produtos.

Desta forma, salientamos novamente, que sempre que possível, deve optar por contratar uma empresa de web design.